UNIDADES DE REFRIGERAÇÃO E CONSERVAÇÃO:

A refrigeração comercial envolve os equipamentos mais pesados que geralmente são utilizados no comércio, como por exemplo, os supermercados, açougues e frigoríficos.



Constituição do sistema de refrigeração comercial
Um sistema de refrigeração comercial divide-se em dois blocos básicos, sendo um a unidade condensadora e outro a unidade evaporadora.
É da unidade evaporadora que sai o vento frio para o interior do ambiente a ser refrigerado.


Abaixo podemos ver a figura de uma unidade evaporadora.



O vento frio é injectado no ambiente a ser refrigerado através de hélices de ventiladores. Em outras palavras, podemos dizer que o calor é removido do ambiente interno através da unidade evaporadora e expulso para o ambiente externo através da unidade condensadora.

Unidades condensadoras

As unidades condensadoras são consideradas o coração da refrigeração comercial, pois é na unidade condensadora que fica o compressor, que move o fluido refrigerante através da tubagem, fazendo-o circular por todo o sistema.
As unidades condensadoras podem ser do tipo hermética, semi-herméticas ou abertas.



Unidades herméticas


Abaixo vemos exemplos de unidades condensadoras herméticas.


Unidades herméticas são aquelas que utilizam compressores herméticos, ou seja, compressores do tipo fechado onde não é possível efectuar manutenções, sendo este compressor substituído inteiro quando avaria.

 

1.2 - Unidades semi-herméticas

São chamadas de unidades semi-herméticas aquelas unidades que utilizam compressores desmontáveis e passíveis de manutenção em caso de defeitos.

 

Vantagens e desvantagens
Cada tipo de compressor tem suas vantagens e desvantagens. 

Compressor semi-hermético
1-Facilidade de reparação de diversas falhas mecânicas.
2-Possibilidade de monitoração do óleo através de visor de vidro.
3-Facilidade na troca do óleo do compressor. 

Compressor hermético
O compressor hermético tem a vantagem de ter custo mais baixo que um compressor semi-hermético e também ser mais silencioso.
Os compressores herméticos possuem a desvantagem de não serem reparáveis, ou seja são em geral compressores descartáveis que devem ser repostos em caso de defeito.


Eficiência
Opta-se por uma unidade semi-hermética quando a aplicação exigir temperaturas mais baixas e também quando se deseja mais durabilidade e robustez e sem muita preocupação com o custo.


Quando é possível utilizar uma unidade hermética

Quando falamos de compressores com potência e até 3HP, as vezes pode-se optar por uma unidade hermética sem grande perda de eficiência.
A princípio, os compressores herméticos foram projectados para os sistemas de ar condicionado onde o baixo custo e a produção em massa eram factores relevantes. Mas depois passou-se a utilizar também esse tipo de compressor em sistemas de refrigeração onde era exigida apenas uma média temperatura, ou seja, não eram exigidas temperaturas tão baixas.

Em casos como o citado acima, passou-se a utilizar o compressor hermético com sucesso. Dessa forma, os fabricantes começaram a aperfeiçoá-lo para maiores taxas de compressão. Também existiram inovações tecnológicas que fizeram com que muitos compressores herméticos pudessem ser utilizados em aplicações que exigem temperaturas mais baixas.

Dessa forma alguns compressores herméticos passaram a ter expectativa de vida bem maior e não ficam muito atrás dos compressores semi-herméticos. Estima-se em média 10 anos de vida para um compressor hermético de boa qualidade, contra 12 anos de vida para um compressor semi-hermético.

Note que nem sempre é viável a reparação do compressor semi-hermético.
Dessa forma, o semi-hermético sobrepõe o hermético na questão da eficiência quando se trata de sistemas que exigem temperaturas muito baixas e não necessariamente por causa da manutenção.


Categorias de compressor semi-hermético


As unidades com compressores semi-herméticos por sua vez se dividem em duas categorias, sendo:

1. Unidades refrigeradas a ar
2. Unidades refrigeradas à água

Sobre a unidade refrigerada a ar, trata-se da unidade já vista na figura acima.


Abaixo vemos a figura de uma unidade condensadora refrigerada à água.